E-Bruxo Tio Chico: a maior farsa do meio evangelico

E-Bruxo Tio Chico: a maior farsa do meio evangelico
Pr. Ozeas de Oliveira

segunda-feira, março 18, 2013

Papa Francisco I: Carta de leitor

Prezado Pastor Ozéas Oliveira,

Encontrei, por acaso, na Internet o seu blog. Fiquei muito aflito ao verificar que um pastor (não o conheço, nem conheço sua igreja, mas o respeito como respeito qualquer outra pessoa humana), apenas um dia após a eleição de um novo Papa na Igreja Católica, produz uma crítica tão cruel contra um prelado, que ainda ninguém conhece satisfatoriamente.

Estou convencido de que todo cidadão tem o direito de expressar suas convicções, especialmente na Internet, onde milhões de pessoas depositam rudemente suas mágoas contra o mundo e contra todos. Mas, ler as proposições do seu blog não foi muito agradável. Não tenho nenhuma satisfação em ver uma pessoa consagrada, como é um pastor, distilar o seu ódio contra membros de outra religião, somente pelo fato de estas pessoas serem de outra religião.

Confesso que custo a acreditar que um Pastor Ozéas de Oliveira exista. Estou imaginando até que esse blog foi colocado na Internet, sob o nome de um pastor (que talvez nem exista) apenas para difamar a própria religião evangélica, à qual esse pastor hipotético pertenceria.

De qualquer forma, Pastor Ozéas, garanto-lhe que, entre nós os católicos, já existem muitos que estão interessados em fazer criticas aos pecados da Igreja, uma vez que ela é formada por pessoas humanas, nem sempre são virtuosas. Os erros realmente existem e devem ser corrigidos. Entretanto, macular o nome de uma pessoa, que nem sequer conhecemos, num ambiente em que se pode esconder o próprio rosto, como é a Internet, não é próprio de um cristão.


Esperamos até que o presente Papa Francisco possa trabalhar no sentido de reformar a Igreja e, inclusive, trabalhar para haver uma fraternidade (como é já declarou em sua primeira aparição pública como Papa) entre todas as pessoas, independentemente de seu credo religioso.

Fraternais saudações,


T. Zan

Papa Francisco I, Parte 2

Resposta ao Senhor T. Zan.

Prezado Sr. T.zan.

Obrigado por sua mensagem a mim encaminhada. Agradeço pelo acesso ao meu blog.
Nao sei com que frequencia o senhor o acessa, mas se observar minhas postagens com mais atenção vai verificar que apesar de ser evangelico eu critico duramente as atitudes absurdas que existem no segmento religioso a que pertenço.

Se atentar para minha publicaçao sobre o Papa Francisco I, vai observar que ja me adiantei em prever que alguns precipitados no meu meio evangelico poderá criar uma "visao profetica" a respeito de sua santidade a partir da data de sua nomeaçao. No meio evangelico tbem tem muitas pessoas irresponsáveis, partidadristas, fanáticas,  como em todo segmento religioso. O meu texto ja é uma previsao do que pode aparecer futuramente.

Respeito o papa como o  líder de um povo, embora discorde de sua pratica religiosa. Mas respeito. É uma alma por quem Jesus morreu.

Quanto ao Blog em pauta, realmente é  de minha autoria, e nao uma farsa em nome de um suposto Pastor Ozéas. Eu existo e sou responsavel pelo la publicado. Tenho uma face que nao escondo. O Google poderá lhe mostrar minha face real. É só consultar e me encontrará. Tenho varios outros 

blogs, cada um com um tema diferente, na maioria voltado para publicações de cunho religioso.

Fico feliz com sua observaçao quanto a existencia de conservadores responsaveis interessados em apurar as denuncias contra a pratica de alguns componentes do clero catolico, que muito tem
desgastado a imagem da igreja catolica. Pessoas serias tem em todo lugar, e sofrem por verem atitudes irresponsáveis praticadas por aqueles que deveriam estar acima de suspeita. Mas onde existem pessoas ha a passividade de erros.

Mais uma vez obrigado por acessar meu Blog e pela honestidade em demonstrar sua posiçao quanto a minha publicacão.

Ps: para o senhor nao pensar que tal analise sobre tal data tenha sido apenas iniciativa apenas minha, no programa Mais Voce, da Ana Maria Braga, de hoje pela manhã, foi comentado sobre esse item de data. Foi ate comentado que ele foi nomeado a uma funçao eclesiastica no dia 13 de dezembro de 59, 

ou algo assim. Então não é uma avaliação somente minha.

Perdao se minha publicação o ofendeu.

Fique na paz de Cristo.
E que Deus abençoe o Papa Francisco I.


Pr. Ozeas de Oliveira.


email do Sr. T. Zan.
Perdao por nao corrigir meu texto

quarta-feira, março 13, 2013

O Novo Papa, o Francisco I: a Meia besta do apocalipse?




Se eu fosse um desses sensacionalistas apocalipticos, diria que esse novo Papa tem algo macabro, sinistro, cabuloso. Sua nomeação ocorreu com certa relação ao conhecido numero 666.

Analisem: 666 dividido por 2 é igual a 333. Então vejamos a presença dos números   3 na nomeação dele. 03/03/13!  O 333 está evidente. Metade do 666.

Misericordiaaaa!!!!


Tai a ideia .

Se algum inteligente fantasioso quiser explorar minha criativa observação, fique a vontade. Rsrsrsr



quarta-feira, fevereiro 27, 2013

O Filho do Papa Joao Paulo II



Nem sei o que comentar....


38054797#editor/target=post;postID=4432193747418099987

O Filho de João Paulo II

Teria o filho de João Paulo II realmente falecido em Dezembro de 2008?

Conheça a história de amor de João Paulo II com Irena Kinaszewska (falecida em 30/08/1990) e o fruto desse amor  Adam K. (falecido em Dezembro de 2008).

Um Site polonês dá detalhes de um romance secreto, proibido pela Igreja Católica, que obrigou Irena a se casar com um homem (Zbigniew K.) escolhido pela Igreja, ao tomar conhecimento de sua gravidez. Mesmo casada com outro homem durante 5 anos, Irena ainda recebia visitas de João Paulo II e estes encontros eram bastante desconcertantes.

Irena e seu filho foram levados muitas vezes ao vaticano, para encontrar-se com seu grande amor. Mais tarde, Irena tornou-se alcoolatra e impedida de se encontrar com João Paulo. Consta que K. Adam visitou seu Pai (João Paulo II) pela última vez, em 25/04/2004 no vaticano.

Fontes dão conta de que k. Adam,  filho de João Paulo II, morreu em circunstâncias pouco claras, em dezembro de 2008.





(Site polonês. Utilize o tradutor para ler a matéria completa).





Veja abaixo, uma tradução automática do Site Polonês, feita pelo Google Translate


Irena Kinaszewska - morreu em 30 de agosto de 1990. Rakowicki enterrado no cemitério em Varsóvia no túmulo da família do padre Andrew Bardeckiego, curador de Karol Wojtyla. Por mais de 15 anos tem sido uma companheira fiel 
para padre vida, então bispo Karol Wojtyla, em Wadowice. Traços de Irena Kinaszewskiej, konkubinie Karol Wojtyla de crueldade turva igreja soprado, a 
hierarquia católica.Amante tornou-se muito desconfortável no momento da eleição de Karol Wojtyla como Papa.Karol Wojtyla como o resultado da relação sobreviver testemunhas, caso de amor muitas longo tempo dedicado a vida familiar, bem como o filho gerado por uma carreira na igreja, como os sacerdotes muitos séculos e bispos. devido a uma falha romances Irena Kinaszewska caiu no alcoolismo. Cracóvia Cúria atribuído seu supervisor pessoal e um guarda na pessoa do padre Andrew Bardeckiego, que vigiava a Irene Kinaszewska não dizer ao público os segredos íntimos da vida, do amor e do fato de que um filho de Karol Wojtyla. Havia o perigo de que por causa destes fatos, Karol Wojtyla torna-se refém de polícia secreta de Moscou e uma ferramenta para alcançar seus objetivos políticos, no Vaticano. SB, no entanto, sabia tudo sobre o caso com Irena Karol Wojtyla Kinaszewską e avançar seu caso com uma enfermeira russa a partir do momento do fim da Segunda Guerra Mundial. Irena Kinaszewska viveu em Cracóvia Long Street .Junto com o marido oficial trabalhou em Cracóvia Indústria de Energia. Ela morreu em 1990, mas até o final da década de 80 do século XX foi muitas vezes levado ao Vaticano para sua amada, que ela, infelizmente, tornou-se papa. Quando fiquei grávida com as consequências, isto é, Irena Charles teve um filho, foi rápida e eficiente pelo aparelho de repressão eclesiástica forçado a um casamento indesejado com um homem com quem foi casada por cinco anos. Em seguida, o casamento arranjado para esconder erros virgens piedosas e jovens sacerdote Karol Wojtyla concubina jurnego colapso. O homem era de Cracóvia Zbigniew K., que, apesar de oficialmente casados ​​cônjuge padre concubina Karol Wojtyla, que foi afastado do bebê, Adam -. Filho de Karol Wojtyla , filho de Irene Kinaszewskiej, Adam K. morreu em circunstâncias pouco claras, em dezembro de 2008, pouco depois declarou que a divulgação ao público do fato de paternidade Karol Wojtyla. Consta que realizou um estudo sobre a clínica de genética no Oeste de renome. Isso coincidiu com o congelamento do processo de beatificação de João Paulo II supostamente. Os candidatos para a santidade de como notoriamente segredos obscuros e muito delicioso que, por vezes, só depois de séculos vêm à luz. K. Adam, filho de Karol Wojtyla se divorciou de sua primeira esposa, Grazyna, eo motivo foi devido a uma variedade de problemas com as ameaças dos sacerdotes de família de Adão.Uma mulher não 



podia suportar a pressão e chantagem, pressão e ameaças dirigidas a seu marido e família, a fim de forçar o eterno silêncio.
Padre Andrzej Bardecki morreu em circunstâncias misteriosas em 2001, levando muitos segredos para o túmulo, mas uma grande quantidade de documentação sobre o caso Irena Kinaszewskiej e Karol Wojtyla conseguiu esconder tão bem que não foi encontrado.Copiou tudo, e escondeu um monte de documentos autênticos, e os registros da noite comum sensível e agradável, o que Irena Charles passamos juntos. Padre Andrzej Bardecki Karol Wojtyla era um amigo, mas também conhecia bem a história e os métodos da Igreja, portanto, saber como se proteger, mas não de forma bastante eficaz.
Irena era um quente amor Kinaszewska Karol Wojtyla, que ao longo dos anos, ele passou, literalmente, a cada momento, passou a noite com Irena em seu apartamento, a convivência com o outro sexualmente, como Irene diz em suas memórias que não se enquadram nas mãos de censura igreja. Isto não é surpreendente, porque isso a grande maioria dos sacerdotes católicos heterossexuais com concubinas, e muitas vezes até mesmo algumas crianças, e não apenas um filho. Padre Karol Wojtyla passou a cada véspera de Natal em seu parceiro Irene e seu filho Adam. Doía oficial marido de Irene, que se divorciou depois de cinco anos de não ser capaz de suportar a Irene que ela age como Karol Wojtyla sua casa, um marido e pai. volta de 1950 Irene Kinaszewska com a ajuda de um sacerdote Karol Wojtyla recebeu um trabalho bem pago na Tygodnik Powszechny . O filho de Adão com a idade de 12 foi um altar de seu pai Karol Wojtyla, que era na época um professor na KUL. Adão até sua morte, ele viveu em Gdansk. Como ele costumava dizer - desde que longe de Cracóvia e Cúria de Cracóvia, onde o outono de 1978 anos ele e sua mãe Irene se tornou não-grata personami, pessoas perigosas para os interesses políticos e morais da Igreja Católica. Adão antes de sua morte, ele escreveu seu Filho memórias de Charles, o Grande , que é secretamente lido pelo selecionado e confiável amigos Adão e iniciado em matéria de romance. K. Adam foi a última vez que viu seu pai, Karol noite Wojtyla, de 25 de abril de 2004, durante uma visita ao Vaticano. Um bom pai, então, ofereceu seu filho unigênito para jantar, entretido nos apartamentos do Vaticano, e financiou uma viagem a Roma, aliás, não é o único. Aqui está o que eles vão para a bandeja de doações da igreja. Como você sabe, a maioria dos padres tem concubinas e filhos e paroquianos deve submetê-lo ao seu bolso. O que o Senhor Kram - ditado popular antiga diz. Realmente o Santo Padre , que o bem da sua família, concubinas, e seu filho passou uma carreira na instituição católica chamada de Igreja. Limpeza Irene Kinaszewskiej alojamentos últimos depois de sua morte, abrigando a Rua Krowoderska em Cracóvia tratado pessoalmente, o cardeal Macharski e chanceler da cúriaDyduch . Ele ajudou a Stas sacerdote conhecido, agora a pessoa mais importante da Cúria de Cracóvia. Quatro grandes caixas de lembranças de um falecido Irena transportado de forma rápida e eficiente para o Vaticano, que organizou e garantiu o secretário pessoal do Papa João Paulo II. Os vizinhos todos ver, lembre-se, o conhecimento, e até mesmo escrever e reproduzir, de modo que não seria esquecido. Serviço de Segurança comunista monitorado e gravado sacerdote Karol Wojtyla e Irene Kinaszewską como um par, ou sacerdote mais convivência com a sua amante e filho, já em 1950 anos. Não perca a vasta arquivos SB, IPN e da KGB. Karol Wojtyla era então vigário da paróquia de São pobres. Florian em Cracóvia. Microfones na parede eram para SB tesouro inestimável e uma fonte de informações sobre a vida íntima da Igreja e do vigário, como Charles passou a Irene quase toda noite. Era inebriante. 
Em 1963, quando Karol Wojtyla foi o Metropolitano, reuniões tornaram-se menos freqüentes, porém mais eroticamente inebriante. Irena começou a cair no alcoolismo, apenas embriagueis com saudade de seus amados Karolem.Jeszcze contatos limite mais elevados ocorreram em 1967, quando Karol Wojtyla se tornou cardeal. Estar no topo da Igreja e SB não poderia agir tão livremente como se ele quisesse. Reuniões com Irena se tornou esporádica, e sua visita à mansão eram desconfortáveis ​​e impedido pela igreja câmera. Como cardeal, Karol Wojtyla viu um Irenka apenas algumas vezes por ano. Já quatro dias após o conclave, em 1978, João Paulo II chamou Irene Kinaszewską junto com o Padre Andrew Bardeckim a Roma.Passaporte IV levou departamento de atendimento do Serviço de Segurança.Este é o quarto comando comunista do Serviço de Segurança da Faculdade de passaporte emitido Irena Kinaszewskiej e passaportes pai de Andrew Bardeckiemu em poucas horas, mas normalmente levou muitos meses e muitas vezes acabou em rejeição. Quais são os sistemas funcionaram? Quem estava por trás de Karol Wojtyla, a polícia secreta encontrou na natureza íntima deseja o recém-eleito
Irene sabia Kinaszewską ou seu filho?

Fonte: http://www.stalin.cryptofighter.com/index.php?strona=401


Veja abaixo, o texto original divulgado pelo Site Polonês:


Irena Kinaszewska - zmarła 30 sierpnia 1990 roku. 

Pochowana na cmentarzu Rakowickiem w Warszawie w grobowcu rodzinnym księdza Andrzeja Bardeckiego, powiernika Karola Wojtyły. Przez ponad 15 lat była wierną towarzyszką życia księdza, a potem biskupa Karola Wojtyły z Wadowic. Ślady po Irenie Kinaszewskiej, konkubinie Karola Wojtyły z pieczołowitą bezwzględnością zaciera kościelna, katolicka hierarchia. Kochanka stała się bardzo niewygodna w momencie wyboru Karola Wojtyły na papieża. Karol Wojtyła jak wynika z relacji licznych żyjących jeszcze świadków długoletniego romansu poświęcił życie rodzinne, a także spłodzonego syna dla kariery kościelnej, tak jak to od wieków wielu księży i biskupów. 

Z powodu nieudanego romansu Irena Kinaszewska popadła w alkoholizm. Kuria krakowska przydzieliła jej osobistego nadzorcę i strażnika w osobie księdza Andrzeja Bardeckiego, który czuwał nad tym aby Irena Kinaszewska nie zdradziła publicznie sekretów intymnego życia, miłości i faktu posiadania syna z Karolem Wojtyłą. Było niebezpieczeństwo, że z powodu takich faktów, Karol Wojtyła stanie się zakładnikiem bezpieki i narzędziem Moskwy w realizacji jej celów politycznych w Watykanie. SB wiedziało jednak wszystko o romansie Karola Wojtyły z Ireną Kinaszewską, a także o wcześniejszym jego romansie z rosyjską sanitariuszką z czasów końca II wojny światowej. 

Irena Kinaszewska mieszkała w Krakowie przy ulicy Długiej. Razem z oficjalnym mężem pracowała w krakowskiej Energetyce. Zmarła w 1990 roku, acz do końca lat 80-tych XX wieku była często zabierana do Watykanu do swego ukochanego, który na jej nieszczęście został papieżem. Kiedy stała się rzecz brzemienna w skutkach, czyli Karol spłodził Irenie dziecko, została szybko i sprawnie przez aparat kościelnej represji zmuszona do ślubu z niechcianym mężczyzną, z którym była w małżeństwie przez pięć lat. Potem małżeństwo zaaranżowane dla ukrycia wpadki pobożnej panny, nałożnicy młodego i jurnego księdza Karola Wojtyły rozpadło się. Tym mężem był krakowianin Zbigniew K., który choć oficjalnie ślubny małżonek nałożnicy księdza Karola Wojtyły, to jednak był odsuwany od narodzonego dziecka, Adama - syna Karola Wojtyły. 

Syn Ireny Kinaszewskiej, Adam K. zmarł w niejasnych okolicznościach w grudniu 2008 roku, krótko po tym jak zadeklarował publicznego ujawnienie faktu ojcostwa Karola Wojtyły. Podobno przeprowadził w tym celu badania genetyczne w renomowanej zachodniej klinice. Zbiegło się to z zamrożeniem procesu beatyfikacji rzekomo świętego Jana Pawła II. Kandydaci do świętości miewają swoje jakże mroczne i jakże rozkoszne tajemnice, które czasem dopiero po wiekach wychodzą na światło dzienne. Adam K., syn Karola Wojtyły rozwiódł się ze swą pierwszą żoną, Grażyną, a powodem były rozmaite problemy z powodowane groźbami ze strony kleru pod adresem rodziny Adama. Kobieta nie wytrzymała presji i nacisków, gróźb i szantażów kierowanych pod adresem jej męża i rodziny, celem zmuszenia do wiecznego milczenia. 
Ksiądz Andrzej Bardecki zmarł w niewyjaśnionych okolicznościach w 2001 roku wiele tajemnic zabierając do grobu, jednak wiele z dokumentacji na temat romansu Ireny Kinaszewskiej i Karola Wojtyły zdołał tak dobrze ukryć, że nie została odnaleziona. Skopiował wszystko, a także ukrył wiele autentycznych dokumentów, jak nagrania ze wspólnych czułych i rozkosznych nocy, jakie Karol z Ireną ze sobą spędzali. Ksiądz Andrzej Bardecki był przyjacielem Karola Wojtyły, ale też znał dobrze historię i metody Kościoła, zatem wiedział jak się zabezpieczyć, choć nie do końca skutecznie.
Irena Kinaszewska była gorącą miłością Karola Wojtyły, z którą przez lata spędzał dosłownie każdą chwilę, nocował z Ireną w jej mieszkaniu, współżyli ze sobą seksualnie, o czym Irena wspomina w swoich pamiętnikach, które nie wpadły w łapy kościelnej cenzury. Nie jest to nic dziwnego, bo robi tak zdecydowana większość heteroseksualnych katolickich księży, posiadając konkubiny i często nawet kilkoro dzieci, a nie tylko jedynego syna. Ksiądz Karol Wojtyła każdą wigilię spędzał w Ireną swoją konkubiną i ze swym synem Adamem. Bolało to oficjalnego męża Ireny,który się po pięciu latach rozwiódł z Ireną nie mogąc ścierpieć tego, że to Karol Wojtyła pełni rolę pana domu, męża i ojca dziecka. 

Około 1950 roku Irena Kinaszewska z pomocą księdza Karola Wojtyły otrzymała dobrze płatną pracę w Tygodniku Powszechnym. Syn Adam w wieku lat 12 został ministrantem swego ojca Karola Wojtyły, który był w tym czasie wykładowcą KUL. Adam aż do swej śmierci mieszkał w Gdańsku. Jak mawiał - byle jak najdalej od Krakowa i krakowskiej kurii, w której od jesieni 1978 roku zarówno on jak i jego matka Irena stali się personami non-grata, osobami niebezpiecznymi dla politycznych i moralnych interesów Kościoła katolickiego. Adam przed śmiercią spisał swój Pamiętnik Syna Wielkiego Karola, który jest czytany ukradkiem przez wybranych i zaufanych przyjaciół Adama oraz wtajemniczonych w sprawę romansu. 

Adam K. ostatni raz widział swojego ojca Karola Wojtyłę wieczorem 25 kwietnia 2004 roku będąc z wizytą w Watykanie. Dobry tatuś poczęstował swojego spłodzonego synka kolacją, ugościł w watykańskich apartamentach, a także sfinansował podróż do Rzymu, nie jedyną zresztą. Oto na co idą datki na kościelną tacę. Jak wiadomo, większość księży posiada konkubiny i dzieci, a parafianie muszą na to łożyć ze swej kieszeni. Jaki Pan taki Kram - mówi stare ludowe porzekadło. Prawdziwie Święty Ojciec, który dobro własnej rodziny, konkubiny i syna poświęcił dla kariery w katolickiej instytucji zwanej Kościołem. 
Czyszczeniem ostatniego lokum Ireny Kinaszewskiej po jej śmierci, mieszkania przy ulicy Krowoderskiej w Krakowie zajmowali się osobiście, ksiądz kardynał Macharski i kanclerz kurii Dyduch. Pomagał znany ksiądz Stasiu, dziś najważniejsza persona krakowskiej kurii. Cztery wielkie skrzynie pamiątek po zmarłej Irenie wywieziono szybko i sprawnie do Watykanu, co organizował i zabezpieczał osobiście sekretarz papieża Jana Pawła II. Sąsiedzi wszystko widzą, pamiętają, wiedzą, a nawet spisują i powielają, tak, aby nie uległo zapomnieniu. 

Służba Bezpieczeństwa PRL namierzyła i zarejestrowała księdza Karola Wojtyłę oraz Irenę Kinaszewską jako parę, a ściślej konkubinat księdza z kochanką i synkiem już w 1950 roku. Warto zajrzeć do przepastnych archiwów SB, IPN i KGB. Karol Wojtyła był wtedy marnym wikariuszem parafii św. Floriana w Krakowie. Mikrofony w ścianie były dla SB nieocenionym skarbem i źródłem informacji o Kościele oraz życiu intymnym wikarego, gdyż Karol spędzał u Ireny nieomal każdą noc. Upojnie było. 
W 1963 roku, gdy Karol Wojtyła został metropolitą, spotkania stały się rzadsze, ale erotycznie bardziej upojne. Irena zaczęła popadać w alkoholizm, po prostu upijała się z tęsknoty za swym ukochanym Karolem.Jeszcze większe ograniczenie kontaktów nastąpiło w 1967 roku, gdy Karol Wojtyła został kardynałem. Będąc na topie Kościoła i SB nie mógł już zachowywać się tak swobodnie jak by tego pragnął. Spotkania z Ireną stały się sporadyczne, a jej wizyty w kurii były nieprzyjemne i utrudniane przez aparat kościelny. Jako kardynał, Karol Wojtyła widywał się z Irenką zaledwie kilka razy w roku. 

Już cztery dni po konklawe w 1978 roku, Jan Paweł II wezwał Irenę Kinaszewską razem z księdzem Andrzejem Bardeckim do Rzymu. Paszport załatwiał departament IV Służby Bezpieczeństwa. To na polecenie IV Departamentu Służby Bezpieczeństwa PRL, wydział paszportowy wydał Irenie Kinaszewskiej i księdzu Andrzejowi Bardeckiemu paszporty w kilka godzin, chociaż normalnie trwało to wiele miesięcy i często kończyło się odmową. Jakie to układy zadziałały? Kto stał za Karolem Wojtyłą, że bezpieka spełniała intymne w swej naturze zachcianki nowo wybranego
Znałeś Irenę Kinaszewską albo ich syna?

Fonte: http://www.stalin.cryptofighter.com/index.php?strona=401

Obrigado por comentar e indicar o Apocalipse Now.

terça-feira, fevereiro 12, 2013

Will Ferrazone, vamos ser verdadeiros? O povo quer saber...

...  e eu tambem.

Para eliminar qualquer duvidas sobre sua passagem pela Globo, se nao fosse muita exigencia pela verdade, eu lhe desafiaria a ir ao Departamento de Pessoal e Pedir uma cia de seu Olerite, Contra Cheque, ou coisa assim. De forma que comprovasse seu vinculo com a Globo.

Ou entao, apresente uma foto sua vestido para filamgem.

Isso acabaria alguma duvida contra seu testemunho.

Estou pronto a divulgar sua verdade.

Como o senhor é pastor, deve conhecer o texto de Paulo que diz que, Para mostrar a verdade basta a verdade.  Mostre a verdade e eu te ajudarei. Assim terei boa referencia a dar a seu respeito quando me perguntarem a sobre vc.






Will Ferrazoni, o Sitio do Pica Pau de 1977 nao te reconhece no Elenco

Como vemos abaixo, nao se encontra o nome de Will Ferrazoni.
Onde está a verdade, Senhor Will.


Elenco

[editar]

Wiil Ferrazone não consta no elenco do Sitio do Pica Pau Amarelo de 1977

Explicando:

Tenho recebido muitas consultas sobre o suposto Pastor Will Ferrazoni, que divulga ter sido ator da Globo, no Programa Sitio do Pica Pau amarelo.

Hoje mesmo, 12 fev, recebi ligaçao de uma Igreja do Maranhao, Bacabal, consultando-me sobre ele.
Afirmei que nada sei dessa pessoa.
Resolvi consultar e encontrei o elenco do Sitio no ano de 1977, e em lugar algum consta algum nome ou semelhante a Will Ferrazoni.

Clique no link a seguir

http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADtio_do_Picapau_Amarelo_(série_de_1977)

   e veja que nao consta o nome desse sujeito.

Para melhor avaliação, faça como eu: pesquise.

Aigreja  precisa parar de ficar vivendo de sensacionalismo barato. 
Um atorzinho metido a esperto resolve alcançar o publico evangélico e ai se declara evangélico.... Ai vê que nao é facil ser crente verdadeiro.
Algum tempo depois ta ai, escandalizando evangelho, igual uma ex dessas da vida, que passou 
a apresentar seu programa recebendo seu convidado numa cama.


Mas a culpa maior é de pastores que dao oportunidade pra esses ex da vida falar 
abobrinha e levar o dinheiro dos crentes que pagam pra ouvir mentiras e exageros no santo altar 
do Senhor.

Veja abaixo o elenco do Sitio:
Sítio do Pica-pau Amarelo
Sítio do Pica-pau Amarelo (BR)
Informação geral
Formato
País de origem Brasil
Idioma originalportuguês
Produção
Dire(c)tor(es)Geraldo Casé
ElencoZilka Salaberry
Jacira Sampaio
Dirce Migliaccio
Reny de Oliveira
Suzana Abranches
Rosana Garcia
Júlio César
Daniela Rodrigues
Marcelo José
Izabela Bicalho
Gabriela Senra
Daniel Lobo
André Valli
Samuel dos Santos
Tonico Pereira
Canarinho
Ivan Setta
Dorinha Duval
Stella Freitas
Catarina Abdala
Romeu Evaristo
Nelson Camargo
Tema de aberturaSítio do Pica-pau Amarelo(Gilberto Gil)
Tema de
encerramento
Sítio do Pica-pau Amarelo(Gilberto Gil)
Transmissão original7 de março de 197731 de janeiro de 1986
Nº de episódios1.568
Cronologia
Programas relacionadosSítio do Picapau Amarelo(1952)Sítio do Picapau Amarelo(2001)
Portal Séries de televisão · Portal Televisão
Projeto Televisão · Projeto Entretenimento



quarta-feira, janeiro 30, 2013

O falso Bruxo Tio Chico nao Morreu! Agora eu vou explicar!



Finalmente, depois de tanto tempo que publiquei uma materia anunciando  a suposta morte do tio chico, esse senhor de quase 50 anos que nao aprendeu que a verdade é uma das bases do cristianismo.

Essa noticia causou um alvoroço.

Pra mim foi uma evidencia de que a maturidade do povo de Deus está pior do que poderia imaginar. Vivemos num seculo onde obter informaçoes é a coisa mais facil que existe; sobre qualquer coisa podemos obter informaçoes das mais diversas fontes. O numero de pensadores, escritores, formadores de opinioes é incalculavel. Ja foi o tempo em que ser crente era coisa de gentinha, de analfabetos, de pobre,  de iletrado, de burros. Hoje temos evangelicos em todas as camadas sociais, das mais diversas classes profissionais.

O lamentável é que ate mesmo essas pessoas  letradas muitas vezes são engabeladas por analfabetos, porem espertalhões da fé, que sao apoiados por supostos pastores que vivem de sensacionalismo.

Tenho a mais plena certeza que por centenas de vezes o Francisco Guedes utilizou o microfone das diversas igrejas onde passou para dizer que eu  era indigno de credibilidade, pois eu disse que ele estava morto, e no entanto ele estava ali, pessoalmente me desmentindo.

Eu tenho um problema serissimo: nao perdi a mania de ser um atalaia, como está na biblia, em Ezequiel 33. Eu nao quero ser cobrado pelo Senhor pelo fato de saber da verdade sobre esse farsante e nao ter alertado, nao ter tocado a trombeta.

É verdade, o sujeito que se apresenta como ex-bruxo tio chico nao morreu!! Nao morreu porque o povo de Deus faz questao de manter vivo esse personagem que surgiu na mente de um sujeito que denigre a imagem dos Cearenses, estado de onde tem surgido pessoas com capacidade criativa bastante evidente no meio humoristico brasileiro. Realmente é uma piada esse sujeito que se apresenta nos palcos evangelicos apresentando suas mirabolantes invencionices.

Tenho sido muito amaldiçoado pelo povo de pensamento lerdo a respeito das verdades biblicas. Ja me lançaram no inferno infinitas vezes pelo fato de insistir em afirmar que O SUJEITO QUE SE APRESENTA COMO EX-BRUXO TIO CHICO É UM MENTIROSO, UM DOS MAIORES DA ATUALIDADE.

E o fato de dizer o que digo não é praticar JULGAMENTO. É dizer a verdade, coisa que muita gente nao quer aceitar.  Leiam a materia onde  comparo o tio chico com um tarado bonzinho.  Os crentes tratam o tio chico como um tarado bonzinho. Nao estou dizendo que o tio chico é um tarado, apenas digo que ele tem recebido o tratamento que se dá a um tarado bonzinho.

E vai continuar sendo o santinho pra uns, e um perturbado para outros que sabem pensar.

Eu creio que Deus pode fazer milagres, restaurar o pecador, mas convenhamos.... nao faz sentido o que esse perturbado diz que foi.

Neste site esta publicada uma carta que ele me escreveu, onde diz que teve que soltar umas mentiras para um pastor do Maranhão....

Espero que o povo de Deus seja mais criterioso e tenha melhor discernimento ao ouvirem certas baboseiras que alguns pastores colocam nos pulpitos de suas igrejas.


Mais uma vez vou declarar: o povo de Deus nao deixou a mentira morrer!!!

O farsante que se apresenta como Ex-Bruxo Tio Chico está vivo, e mais mentiroso que antes!


1766

quinta-feira, janeiro 05, 2012

Vamos falar de Dinheiro? Tem picareta de todo jeito usando os irmãos para ganhar dinheiro,

Muitos usam conferencias para convencer o povo a respeito da entrega de dinheiro, vendendo livros, cds, dvds, palestras sobre finanças,  dando a entender que Dinheiro é um Assunto Espiritual.

Vou transcrever parte do assunto copiando de um site que esclarece o tema.

Os defensores do dizimo usam ABRAAO pra justificar a entrega de dizimo.

 Pergunto: Quantas vezes Abraão entregou dizimo? SO UMA!!
Pergunto: Abraão entregou dizimo do que era dele? NAO!!! Entregou dizimo do que trouxe quando foi resgatar seu sobrinho Ló.
Pergunto: Onde tá escrito que ISAQUE deu dizimo?  EM LUGAR NENHUM!!
Pergunto: Jacó deu dizimo? NÃO!!! Ele prometeu mas nao vemos ele cumprindo esse VOTO DE DIZIMAR!!!!

Pergunto: Jesus defendeu a entrega de dizimos: SIM, para os judeus e principalmente pra corja que achava que entregar dizimo era sinonimo de espiritualidade. E ele disse isso prum fariseu, um hipocrita. Mas disse ainda que o cara deveria exercitar a misericordia, ja que queria demonstrar santidade.

E por ai vai o tema.

Quem quizer saber mais sobre esse assunto, acesse www.maldicaododizimo.zip.net.

Agora, sim, vao acabar comigo. Mas nao me importo.

sábado, dezembro 17, 2011

Tio Chico, o Brasil ta ficando atento e desconfiando de vc.

Este autor tem recebido ligaçoes de varias partes do Brasil  buscando informações sobre vc. Estou preparando uma carga de emails  pedindo e dando informações sobre vc. Tem um pastor da Bahia que vc enganou, pedindo dinheiro para uma cirurgia no seu "estrombo" (estomago). Essa estoria é velha, ne? Vc sempre usou essa conversa pra tirar dinheiro dos outros. Mas o cerco está fechando ao seu redor. NAO ESQUEÇA: Muitos  pastores e igrejas deixaram de te convidar para ir nas igrejas depois que receberam informaçoes neste site, alem de consultas telefonicas.

Quanto aos que procuram informaçoes sobre o tio chico, volto a afirmar:

QUEM ACREDITA NO
EX-BRUXO TIO CHICO É BURRO!!!
É RETARDADO, PERTURBADO, LIGEIRAMENTE ENDEMONINHADO, DENTRE OUTRAS EVIDENCIAS DA FALTA DE COMUNHAO COM DEUS.

E podem me chingar, me amaldiçoar, me julga, mas é a verdade.

Quem tem o ESPIRITO DE DEUS
nao acredita em Tio Chico!!!

quinta-feira, novembro 17, 2011

Alerta aos Irmãos de Minas Gerais, e às Assembleias de Deus Madureira: Não recebam esse mentiroso em suas igrejas.

O TIO CHICO NUNCA EXISTIU!!! ISSO É INVENÇAO DE UM CEARENSE DESOCUPADO , QUE DESCOBRIU COMO GANHAR DINHEIRO FACIL, SEM TRABALHAR,

ENGANANDO OS EVANGELICOS MENOS ESCLARECIDOS, E ALGUNS QUE GOSTAM DE SER ENGANADOS... que não quer trabalhar. Afinal, basta falar mal do diabo, e elogiar Jesus que o dinheiro vem fácil. Essas historias vendem cds, dvd's, proporcional passagens aéreas e terrestres e hospedagens em hoteis. Faz seu nome circular em revistas, jornais, boletins de igrejas, em cartazes de divulgação, em centenas de comentários na internet. Quem não quer uma vida dessas.>


Mas a igreja deve tomar cuidado, não dar ouvidos a qualquer um que conte histórias de milagres inacreditáveis - incríveis mesmos. Aos pastores, fica o alerta. Não se deixe atrair pelos ouvidos. Seja como os crentes Bereianos, que conferiam tudo o que ouviam. Antes de deixar qualquer sujeito subir na tribuna de sua igreja, verifique se ele tem como provar as coisas que diz, afinal o dinheiro que sua igreja doa, estará sustentando parasitas. Quem sustenta esses sujeitos, esta financiando parasitas espirituais, que não estão vinculados a igrejas ou algum ministério, sob o pretexto de ser itinerante, ser missionário.
Prezados internautas, estou procurando um amigo sumido há muito tempo.
Trata-se de um sujeito que conheci no ano de 1998. Ele Morava em uma cidade do Goiás. Vivia de peregrinar pelas igrejas contando o testemunho dele. Segundo ele, era um dos maiores bruxos do país. Disse que quando era bruxo, tinha uma vida regalada. Tinha um bom emprego, morava no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. Dizia que era maçom e que tinha sacrificado uma criancinha filho dele. Diz que sofreu um acidente e com isso foi implantada placa metálica na cabeça. Ele enfrentava dificuldades conjugais pois a mulher não queria aceitar a fé evangélica. Mas isso não é verdade, pois eu conheço a família dele.
No decorrer de sua fé cristã, não tendo coisa alguma na casa onde morava, um caminhão de mudança levou tudo o que precisava.

Afirma ter sido guru do Sarney, ter participado do pacto diabólico da Xuxa para que alcançasse sucesso. Eu achei muito fácil ele dizer isso, afinal não tem como provar, e a Xuxa e o Sarney não vai confirmar nem negar isso.

Eu preciso encontrar esse amigo, pois meu nome ainda ta protestado. Fiquei endividado por muito tempo porque tive que pagar a divida que ele deixou, afinal eu fui avalista dele. Ainda hoje não posso ter um telefone por estar com o nome protestado. Ele usava o meu telefone para ligar para todo o Brasil e marcar as conferencias dele. Chegou a deixar um bilhete onde relaciona todas as contas pendentes, inclusive os aluguéis.

Numa das últimas conversas que tivemos, eu aconselhei ele a parar de contar essas histórias, pois Deus castiga quem mente, e a Jesus disse que quem mente é filho do diabo. Disse-lhe que o Senhor Jesus não precisa que alguém invente histórias para engrandecer o nome dele. Quem assim faz está fazendo o que o diabo gosta, ou seja, mentir, sem contar que o diabo deve achar muito divertido um bando de filhos de Deus ouvindo mentiras saídas da boca de um filho do pai da mentira, Satanás. Ele fica usando o titulo de pastor (quem o ungiu pastor?), fica dizendo que era pai de santo. Eu tenho uma gravação onde ele diz o nome do maior bruxo do país, sendo ele o segundo. Conferindo, soube que o primeiro maior bruxo era outro bem diferente do que ele dizia. De brincadeira, eu disse que iria denunciá-lo por estar contando mentiras, já que ele vivia mentindo e devendo os outros. Um pastor de uma comunidade evangélica do Maranhão ficou bastante prejudicado com a ida dele lá, pois foi produzido muito material, tipo cds com o TRISTImunho dele, e ele ficou sem pagar o material. Algumas pessoas que emprestaram para ele e nunca receberam. Ele inventou um tal de instituto Bom Samaritano só para conseguir arrancar dinheiro do povo.

Ele no tempo era uma pessoa de modos grosseiros á mesa. Para quem dizia que vivia cercado de pessoas boas de vida, não demonstrava nada disso através de seus modos. Na mala que deixou, encontrei carimbos, e formulários de credenciais eclesiásticas de um suposto Conselho Federal de Pastores do Brasil, inclusive com uma com foto dele.

Uma das formas de se auto-promover é espalhar o boato de que foi morto. Ele viaja e deixa o boato onde estava pela ultima vez. O alvoroço fica formado. Depois ele volta e diz que isso é coisa do inimigo, mas que realmente sofreu ameaças de pessoas ricas influentes em todos os meios que não querem que ele continue falando contra o baixo espiritismo. Ele esteve uma vez no programa do Ratinho enfrentando um pai de santo.

Diz que estudou, se formou (mas não diz em que, nem em que faculdade). Ele diz que o pai dele era riquíssimo, grão mestre da maçonaria. Conversa fiada, descobri depois. Diz que o pai era influente na política, quando na verdade foi apenas vereador numa cidadezinha do Ceará. Diz que recebia 385 entidades. Isso não existe. Nunca alguém contou um caso desse. Isso é humamente impossível! Ele não foi capaz de mostrar uma única pessoa que o conheceu nesse estado tanto de miséria quanto no auge do poder financeiro.

Eu soube que existe um sujeito viajando pelo Brasil repetindo essa história, se dizendo Ex-Tio Chico. Eu não acredito que alguém tenha coragem de repetir as mentiras que aquele sujeito caloteiro inventou. Se existe alguém contando essa historia por ai, pode ter certeza que se trata de mais um oportunista que resolveu copiar a historia inventada por outro picareta que outro irresponsável criou para tirar dinheiro do povo de Deus. Se existe algum ex-tio Chico por ai, onde foi que ele nasceu na fé? Quem foi o primeiro pastor dele? Cadê a esposa dele, a mãe de seus filhos? 


Para facilitar a identificação e localização desse ex-tio Chico, breve trarei mais informações.

Para concluir, eu entendo que geralmente as pessoas tem mais facilidade em acreditar num mentiroso que fala bonito do que quem fala a verdade.


PARA VER AS FOTOS EM TAMANHO AMPLIADO, É SÓ CLICAR SOBRE A FOTO QUE ELA SERÁ AMPLIDA.
Vemos aqui fotos de carimbos usados por certo suposto pastor para autenticar credencial do suposto Conselho de Pastores. O tal carimbou a própria carteira.



Vemos tambem como um certo "ex-tio"aprendeu a manusear a biblia. Cursos por correspondencia.


Vemos aqui alguns cheques e outros documentos bancarios/financeiros e Judiciais, tipo cheque devolvido, Execução Judicial, dentre outros.











Temos ainda ocorrencia policial, onde o tal é intimado a explicar a ameaça contra a esposa, quando ameaçou-a de morte a marretada.






Vemos um documento autenticado em cartório. Em qual cartório?. O que se sabe é que toda autenticação tem o nome e endereço do cartorio. Essa "autenticação" está no verso da "credencialeclesiástica"

Será que o tio reconhece as TRES pessoas que estão nessa foto?



MINHA RECOMENDAÇÃO É QUE O SUJEITO QUE SE APRESENTA COMO O EX-TIO cHICO EXPLIQUE ESSES DOCUMENTOS.

Aos pastores que desejam agendar esse Ex-tanta-coisa, aconselho a analisar essas fotos e formular perguntas, tipo: o irmão pertence a algum conselho de pastores... como é o nome de sua esposa. Quanto filhos tem... casou-se quando... já teve algum envolvimento com policia por agressão ou ameaça... contra quem... já foi protestado na justiça.... 

Diante das fotos acima, formule suas perguntas. Eu omiti o nome do tal a fim de evitar alguma acusação. Eu tenho os originais desses documentos. Os dados omitidos é somente para me preservar... Se algum pastor tiver algum conhecido em Brasilia que possa conferir os documentos, estou á disposição. 

Contatos e-mail: divulgador1@bol.com.br





















Tio chico o ex bruxo: como acreditar?


1° Uma criança levar dois tiros de escopeta e sobreviver.
2° Injetar 20ml de gasolina na veia e estar ainda dando testemunho.
3° Ter sido membro de 28 seitas. Quanto tempo em cada uma?
4° Não existem bruxos em nenhuma seita espirita. Principalmente nas de origem Africanas. Como acreditar em tanta estupidez? 
Recebemos copia desse documento, onde afirmam que essa letra é dele, demonstrando ter envolvimento com agiota. Estranho, sinistro...


De acordo com um site personalizado, o famoso pastor fulano de tal, que é mais conhecido como "Ex-bruxo Tio Chico", não estaria morto, contrariando o que tem sido divulgado pela mídia secular e a cristã.
Tio Chico ficou conhecido pelo seu testemunho "Das trevas para a Luz", em que ele conta como se converteu ao Evangelho e como se tornou pastor. Para quem acredita, o ex-bruxo teria sido o maior bruxo, maior maçom, maior budista, maior judeu, maior islâmico... que o País teria conhecido.
Tio Chico conta em seu testemunho que há um complô nacional com vistas a destrui-lo. A Rede Globo seria a principal mentora desse complô, onde até mesmo grandes empresas automobilísticas e de outros setores empresariais estariam conspirando para destruir o famoso ex-bruxo.
Seu testemunho rolou por muitos sites de Internet. Blogs ainda o comentam com vigor. No entanto, as conclusões a que as pessoas chegam é sempre a mesma: "O tal Tio Chico é um impostor". Assim como há quem o questione, há quem o estime. Muitos dizem que ele é um instrumento de Deus para revelar os planos diabólicos da Rede Globo.
Fica difícil crer numa pessoa que roga para si todos os graus da Maçonaria e todos os altos cargos de todas as outras religiões existentes. Tio Chico diz: "Eu já fui de tudo, agora sou de Cristo".
Julgue você mesmo. Acesse o site citado acima para outras informações.


http://www.manadosul.com.br/principal/index.php?option=com_content&task=view&id=351&Itemid=2




Esse cara onde passa conta uma historia. Se alguém quizer desmascará-lo, junte vários gravações diferentes dele, e compare os fatos.... é uma contradição atrás da outra.


SEgundo informações, o assassinato da filha dele foi matéria na Globo... Pergunto: em que data foi divulgada a materia...
Breve mais informações.


Divulge essas informações. O Brasil precisa saber quem é esse não-ex-mentiroso.


O texto abaixo foi coletado da Internet.
Vejam as barbaridades. VIPLAN é uma empresa de transporte coletivo de Brasilia, a Viação Planalto. Nada tem a ver com o que o sujeito define. leia os absurdos.
Bem, se converteu a pouco tempo ao Cristianismo na Igreja Assembléia de Deus, um homem apelidado de Tio Chico, o Segundo maior Bruxo do Brasil, esse homem tinha um pai que era maçom, e pelo testemunho hoje desse homem de Deus, a maçonaria tem pacto com Satanás, e esse demônio do inferno quer ser conhecido como o senhor dos exércitos dentro da maçonaria, além de existir um bode no centro da maçonaria que encarna com o espírito imundo chamado Lúcifer, que não é anjo de luz, mas das trevas. Grande parte dos políticos, empresários, e etc... fazem pacto com satanás para serem bem importantes em meio a sociedade, mais perdem suas almas, possuídos por demônios. Espiritismo, vodu, bruxaria, catolicismo, candomblé, e muitas outras religiões, fazem parte dessa seita chamada: Maçonaria, pense nisso, o Senhor Jesus é Deus, ressuscitadas dentre os mortos, e se você crer em Cristo Jesus como diz as escrituras, o diabo estará debaixo de seus pés, e não mais fazendo ele de montaria em muitas pessoas.


Segue abaixo empresas relacionadas a pactos com o diabo:
CHEVROLET: CHEGOU HOJE ESTE VAGABUNDO ROBANDO OURO LIQUIDANDO ESTA TERRA. MARÉA: pacto feito com o exú marea. MAIONESE HELLMANS- Homens do Inferno. VIPLAN: VIM DO INFERNO PARA ANIQUILAR A NAÇÃO.
Se alguém conseguir o testemunho dele, gravado a vários anos atrás e conferir com os de hoje, vai constatar as diversas contradições.
PASTORES E IRMÃOS: NÃO SE DEIXEM ENGANAR PELOS OUVIDOS. FOI ASSIM COM